custos e gastos
Por: Gabriela Mosmann

Entenda a diferença entre despesas, custos e gastos

Muitas pessoas confundem o conceito de despesas, custos e gastos, e por mais que pareçam ser a mesma coisa, a verdade é que esses conceitos são diferentes entre si.

Saber entender a diferença entre custos e gastos é fundamental para equilibrar as finanças pessoais, alcançando assim uma maior tranquilidade financeira.

O que são despesas, custos e gastos?

Despesas, custos e gastos embora pareçam a mesma coisa carregam diferenças sutis entre si. É comum que alguns estudiosos a classifiquem como a mesma coisa, ou seja um conjunto de dispêndio financeiro.

No entanto, no conceito contábil, despesas, custos e gastos não representam a mesma coisa. E entender essa diferença é importante inclusive para o orçamento familiar, pois fica mais fácil saber onde é possível ter cortes e onde não é.

Planilha de Controle de Gastos

Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

O que são gastos?

Gasto é todo desembolso que uma pessoa ou uma instituição realiza a fim de obter um produto ou serviço. Os gastos podem envolver desde pagamentos salariais, por parte de uma empresa, até bens de consumo adquiridos por um consumidor.

Por não ser um dispêndio recorrente normalmente são os gastos que toda família deve ponderar e cortar para obter uma tranquilidade financeira maior. Nesse sentido, por não serem básicos podem ser facilmente cortados do orçamento.

Mas, quando a aquisição é feita a um preço razoável com o intuito de vestir, pois já não havia mais possibilidades de usar as já existentes ela pode ser considerada um custo.

O que são custos?

Custo e gastos são bastante parecidos e por essa razão são muitas vezes confundidos entre si. Mas, para diferenciar um do outro podemos usar o conceito de básico e supérfluo.

Sendo assim, podemos considerar que uma aquisição não recorrente, que seja indispensável, é um custo. Já, se essa aquisição pudesse ter sido dispensada ela é classificada como um gasto.

Um exemplo seria a alimentação. É necessário a alimentação todos os dias. No entanto, é possível comer uma marmita de R$ 15,00 ou almoçar em um restaurante e gastar R$ 30,00.

Note que, no primeiro caso a alimentação é um custo e no segundo caso ela se torna um gasto que pode ser cortado em um aperto financeiro.

Orçamento familiar

Definição de despesas

Despesas e custos bem como gastos e despesas são mais distantes. Ou seja, é mais fácil saber diferenciar uma despesa de um gasto ou custo, do que diferenciar um custo de um gasto.

A despesa, desse modo, são dispêndios mensais, recorrentes, necessários para a sobrevivência. Sendo assim, é possível entender despesa como:

  • Água;
  • Energia Elétrica;
  • Aluguel;
  • Condomínio;
  • Cesta básica;
  • Locomoção;
  • Telefone.

Também é necessário entender que a prestação de um carro pode ser considerado um gasto ou até mesmo um custo, mas não uma despesa, pois poderá ser substituída por transporte público, por exemplo.

Entender a diferença entre despesas, custos e gastos é fundamental para ter uma vida financeira mais organizada, sabendo onde é possível cortar e onde não é.

Foi possível saber mais sobre despesas, custos e gastos? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

Telegram Suno
Gabriela Mosmann

Gabriela Mosmann é analista de investimentos na Suno Research. É economista, mestre e doutoranda em Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Possui também certificação CNPI.

3 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Raiane Valverde 15 de junho de 2020

    estou apaixonada pelo site! Sou estudante de Administraçã e encantada pelo universo das finanças e tudo que o rodeia, e voçês estão de parabéns pelos textos. Tudo muito simples e muito bem explicado. É impossível ter dúvida sobre algo lendo os textos de voçês. Muito obrigada pelas planilhas! serão de grande ajuda.

    Responder
  • Marcus 23 de junho de 2020

    Parabéns pela exposição do assunto! No entanto, estou escrevendo sobre o assunto em um trabalho científico e tenho encontrado muita dificuldade nessa parte da nomenclatura, pois diferente da contabilidade, as finanças pessoais ainda não são tão reguladas, o que termina por deixar esse tipo de lacuna. Gostaria de pedir uma indicação científica sobre o entendimento da nomenclatura utilizada nesse artigo. De já agradeço. Abraço!

    Responder
  • alfredo 10 de julho de 2020

    Não sabia, gostei!

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
profit (1)

Planilha Gratuito

Controle
SUAS
FINANçAS

Uma planilha 100% Gratuita para ajudar você a organizar as suas finanças!

Frame

NÃO VÁ EMBORA AINDA...

Inscreva-se e receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!