custos e despesas

Um fato essencial antes de decidir abrir um negócio é entender a dinâmica de custos e despesas que o mesmo apresenta.

Por mais alta que seja o faturamento de uma companhia, se os seus custos e despesas forem muito elevados, a empresa gerará prejuízo.

Portanto, podemos dizer que os custos e despesas são gastos associados à produção e manutenção da cadeia produtiva de uma empresa.

Dessa forma, um empreendedor que deseja que a sua companhia passe a gerar resultados positivos deverá, necessariamente, dar uma atenção ao controle desses gastos.

O erro de não contabilizar todos os custos de um negócio pode fazer com que uma empresa comece a negligenciar esse importante fator para a geração de riqueza dos acionistas.

Diferença entre custos e despesas

custos e despesas

Diferença entre custos e despesas

Ao contrário do que muitos imaginam, os conceitos de custos e de despesas são diferentes entre si.

Essa diferença se deve mais à sua aplicação no contexto corporativo, do qual oferece uma distinção semântica entre as duas palavras.

Desse modo, saber diferenciá-los permite com que o investidor tenha uma melhor compreensão de um demonstrativo de resultados do exercício.

Logo abaixo, temos a definição básica desses dois importantes conceitos:

  • Custo: esses são os gastos feitos pela empresa para a aquisição de matérias primas, mão de obra e gastos gerais de fabricação. Também podemos incluir nos custos a depreciação de máquinas e equipamentos, energia elétrica, materiais de conservação e limpeza da instalação entre outros.
  • Despesa: esses são todos os gastos relacionados à administração da empresa. Estão inclusos nesse item os gastos com a área comercial, marketing e desenvolvimento de produtos.

Dentro dos de custos e despesas de uma companhia, temos duas ramificações distintas: as de natureza fixa e as variáveis.

Desse modo, quando estamos tratando das despesas e custos fixos, podemos dizer que esses são gastos que não variam com o volume produzido. Um exemplo prático desse item são os gastos com aluguel.

Já as despesas e custos variáveis estão relacionados ao volume produzido ou vendido por uma empresa. Quanto mais alto o nível de produção, maiores serão os desembolsos de uma companhia. Um exemplo desses gastos são as comissões de vendas pagas a funcionários.

A importância de acompanhar os custos e despesas

custos e despesas

A importância de acompanhar os custos e despesas

Ao se realizar um planejamento orçamentário, é obrigação da companhia estimar as receitas e gastos que possivelmente serão feitos pelas companhias no futuro.

Com esse planejamento, é possível estimar uma definição de prioridades para que a companhia aprimore os seus resultados e margens.

No entanto, para que as informações contidas nesse documento sejam realmente verídicas, é necessária uma correta contabilização das despesas e custos de uma empresa.

Sem a correta contabilização e classificação desses gastos, é bastante comum que negócios apresentem estouros de orçamento, dos quais podem ser bastante danosos para a empresa e para os seus acionistas.

Desse modo, é possível que com um orçamento mal elaborado, a companhia venha a apresentar uma incorreta alocação dos valores necessários para a fabricação dos seus produtos ou prestação de serviços.

Portanto, a elaboração de um orçamento envolve muitas variáveis. Dessa forma, uma correta estimativa dos custos e despesas se torna um fator essencial para essa atividade.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.