Acesso Rápido

    Custeio ABC: entenda como funciona o custeio baseado em atividades

    Custeio ABC: entenda como funciona o custeio baseado em atividades
    custeio-abc

    O controle de custos é vital tanto na gestão financeira da vida pessoal como do ambiente empresarial. Nesse último caso, existem metodologias para custeio utilizadas para o cálculo de quanto se gasta com cada produto, de olho na lucratividade da organização. Um desses métodos é o Custeio ABC.

    Custeio ABC é uma abreviação de Activity Based Costing, em português “Custeio Baseado em Atividades”, e faz parte das atividades contábeis de uma empresa.

    O que é o Custeio ABC?

    O Custeio ABC é uma metodologia de rastreamento de custos das atividades realizadas por uma empresa e de verificação sobre como essas atividades estão relacionadas para a geração de receitas e o consumo de recursos. Sua principal função é amenizar as distorções provocadas pelo uso do rateio arbitrário.

    Minicurso: Contabilidade para Investidores

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Ele consiste em observar separadamente as várias atividades de uma empresa, para identificar individualmente os custos envolvidos em cada processo. Assim, no método de Custeio ABC são identificados os custos mais altos envolvidos em cada ação ou medida que a empresa toma. A partir disso, as informações obtidas permite que seja feito um aprimoramento onde existem ineficiências.

    O Custeio ABC se estabeleceu com o desenvolvimento da automatização industrial, o que elevou custos indiretos, por exemplo os ligados à eletricidade.

    Objetivos do Custeio ABC

    Devido a sua análise individual, o Custeio Baseado em Atividades possibilita:

    1. Rateamento e divisão dos custos;
    2. Descobrir os produtos que envolvem os maiores custos de produção;
    3. Considerar não apenas serviços e produtos como consumidores de recursos, mas atividades que levam à obtenção do produto ou serviço final.

    Logo, o método de Custeio ABC acaba servindo, em uma empresa, como uma forma de aumentar a competitividade ao proporcionar a diminuição dos preços aplicados aos produtos. Essa diminuição se dá a partir de custos reduzidos previamente nas atividades operacionais.

    Como apurar o custo no Custeio ABC?

    custeio ABCO sistema do Custeio ABC identifica custos indiretos, levando em conta todas as atividades, porém considerando cada uma delas de forma específica.

    Assim, o sistema de Custeio ABC ordena as atividades que “sugam” mais recursos da empresa. Essa ordenação não ocorre em outros sistemas de custeio.

    Tal ordenamento é realizado ao avaliar os custos de cada atividade, levando em conta:

    • Produto;
    • Linha de produção;
    • Serviços;
    • Outros aspectos que se mostrem apropriados.

    Custos de recursos e custos de atividades

    Para entender a aplicação do Custeio ABC, é necessário saber que o sistema considera dois grupos de custos: os custos de recursos e os custos de atividades.

    1. Custos de recursos

    essa etapa, a análise se dá no sentido de verificar o consumo de recursos. Essa verificação de custos se baseia em um direcionamento.

    Tal direcionamento determina o aspecto que se deseja averiguar. Por exemplo: o gasto com eletricidade em determinada etapa produtiva;

    2. Custos de atividades

    É a segunda etapa do método ABC. Averígua o quanto é consumido por serviços ou produtos nas atividades, até o fim do processo de produção.

    É baseado nos custos dos recursos, mas, aqui, o foco é o quanto as atividades consomem. Por exemplo: quanto se gastou para contratar funcionários, em cada setor, a fim de criar determinado produto.

    Aplicação do método de Custeio ABC

    A aplicação do Custeio ABC considera os recursos que são direcionados para uma atividade ou mais. Na prática, temos o exemplo de um maquinário que pode ter mais de uma função nas atividades de produção.

    Tais atividades do maquinário podem ter em comum alguns recursos, como a área administrativa e os funcionários, até finalizar o produto para comercialização. Assim, cada produto tem seu custo considerado objeto de custo.

    Portanto, este método tem como meta diminuir as diferenças no rateio dos custos indiretos, que é realizado de forma arbitrária. Entretanto, também é utilizado para gerenciar custos diretos, em especial os relacionados a mão de obra.

    O Custeio ABC pode ser utilizado por empresas e analistas para determinar a qualidade de uma operação. Para entender mais sobre o tema, baixe gratuitamente o nosso minicurso de Contabilidade para Investidores e aprenda os conceitos básicos sobre como analisar financeiramente uma empresa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    5 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Eliane Santos 23 de maio de 2019

      Excelente explanação sobre o sistema ABC.
      Simples e completo.
      Muito bom Tiago.

      Responder
    • jose maria 29 de maio de 2019

      muito bom valeu pelo apoio

      Responder
    • rudinei 13 de outubro de 2019

      Estas explicações gratuitas são de um enorme valor para quem deseja obter conhecimentos . Parabéns

      Responder
    • Joao 12 de novembro de 2019

      E na prática, como faz? Como saber quanto de depreciação e consume de energia cada produto é responsável, sem ser arbitrário?

      Responder
    • Patrícia Rocha 17 de abril de 2020

      Excelente!!

      Responder