Acesso Rápido

    Crescimento Econômico: como a economia de um país cresce?

    Crescimento Econômico: como a economia de um país cresce?

    Para um investidor de valor que mantém o seu foco no longo prazo, estar ciente dos conceitos existentes dentro da conjuntura macroeconômica é importantíssimo e, neste cenário, saber a respeito do crescimento econômico é bastante relevante.

    Muitas pessoas não se atentam, contudo, a representativa expressividade que existe em relação ao crescimento econômico e, portanto, é preciso esclarecer esse conceito.

    O que é Crescimento Econômico?

    Crescimento econômico é o aumento na capacidade de uma economia em produzir bens e serviços. Ou seja, o crescimento consiste em uma elevação no nível de atividade econômica de um local, quando se avalia todos os setores produtivos que fazem parte daquela economia.

    No entanto, é importante destacar que essa métrica econômica pode ser medida em termos nominais ou reais, sendo o último normalmente ajustado pela inflação.

    Guia de Economia para Investidores

    Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    De forma geral, esse crescimento é medido em função do Produto Interno Bruto (PIB) de determinado período, muito embora às vezes sejam utilizadas métricas alternativas.

    Muitas vezes, mas não necessariamente, é comum que os aumentos de produtividade se correlacionem com o aumento da produtividade média.

    Ou seja: o trabalhador médio em uma determinada economia se torna, em média, mais produtivo.

    Entretanto, é interessante salientar que também é possível se alcançar o crescimento econômico de um país sem que necessariamente se apresente uma maior produtividade média.

    Isso pode ser possível caso se observe, no período em questão, um grau significativo de imigração acima da média em determinado período ou, ainda, um aumento nas taxas de natalidade da população em uma época específica.

    Como funciona o crescimento econômico?

    Vale ressaltar que uma economia crescente ou mais produtiva pode apresentar uma alta na produção de bens e fornecer maior quantidade de serviços do que antes.

    No entanto, alguns bens e serviços são considerados mais valiosos do que outros.

    Por exemplo, um carro é considerado mais valioso do que um caldo de cana ou um copo de suco e, por conta disso, o crescimento deve ser medido no valor dos bens e serviços, não só nas suas quantidades, em si.

    Um desafio dentro da abordagem que foi destacada acima é que as pessoas normalmente não atribuem mesmo valor nos mesmos produtos e serviços.

    Por exemplo: um ar condicionado é mais valioso no Rio de Janeiro do que no Rio Grande do Sul, por conta das maiores temperaturas na primeira cidade.

    Portanto, é possível deduzir que o conceito de valor é subjetivo, de modo que a sua mensuração em função da coletividade é muito complicada.

    Quando ocorre o crescimento econômico?

    Quando ocorre um aumento na produção e consumo de produtos e serviços, é dito que houve um crescimento econômico.

    Contudo, para que ocorra o crescimento econômico, é necessário um resultado conjunto de todos os setores da economia.

    Por exemplo: é possível que haja uma maior demanda pela prestação de um serviço em um determinado país, fazendo com que empresas desse setor cresçam consideravelmente.

    No entanto, isso não é considerado um dos fatores de crescimento econômico, uma vez que apenas aquele setor em questão está apresentando desenvoltura.

    Portanto, esse crescimento na economia só ocorre quando os setores avançam de forma integrada, geralmente estimulada por medidas de desburocratização e aumento da produtividade.

    Diferença entre crescimento e desenvolvimento econômico.

    Muitas vezes, os termos crescimento econômico e desenvolvimento econômico são usados como se fossem sinônimos.

    No entanto, ambos possuem significados diferentes: crescimento é quando há um aumento quantitativo na produtividade, gerando enriquecimento que pode ser medido por métricas como o produto interno bruto (PIB).

    Entretanto, o desenvolvimento econômico envolve, além do crescimento em produtividade, uma melhora nas condições sociais de um país.

    Dessa forma, esse desenvolvimento econômico é medido através de métricas de saúde, educação, segurança e tantos outros fatores sociais.

    Geralmente, métricas como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que faz uma união de todos os fatores sociais de uma região, são usadas para averiguar o desenvolvimento econômico de um local.

    E-book: Investindo para Aposentadoria

    Construa a sua aposentadoria! Aprenda como gerar renda passiva para garantir o seu futuro investindo nos melhores ativos do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como se calcula o crescimento econômico de um país?

    O crescimento econômico de um país é calculado através do Produto Interno Bruto (PIB), um cálculo que envolve diversos fatores, como:

    • Consumo das famílias;
    • Investimento das empresas;
    • Gastos governamentais;
    • Exportações;
    • Importações;

    1. Consumo das famílias

    O consumo das famílias considera o gasto das pessoas. Quanto maior o gasto, maior o crescimento econômico, resultando em um aumento do PIB.

    2. Investimento das empresas

    O investimento das empresas é fundamental, uma vez que, quanto maior o crescimento das empresas, maior a movimentação econômica, fazendo o PIB aumentar.

    3. Gastos governamentais

    Quando os gastos governamentais aumentam através de obras de infraestrutura, contratações, produtos e serviços, o PIB aumenta por causa do crescimento econômico.

    4. Exportações

    Quanto maior o número de exportações (venda para outros países), maior o PIB.

    5. Importações

    Quanto maior o número de importações (compra de outros países), menor o PIB.

    Cálculo do PIB

    Portanto, o cálculo do PIB é presentado pela seguinte equação:

    PIB = C + I + G (X – M)]

    Onde:

    • C = Consumo das famílias
    • I = Investimento das empresas
    • G = Gastos governamentais
    • X = Exportações
    • M = Importações

    Planilha de Controle de Gastos

    Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Crescimento econômico brasileiro

    Nos últimos anos, o Brasil vem caminhando no seu crescimento econômico através de mudanças estruturais através de importantes reformas econômicas.

    Sendo assim, na conjuntura nacional, os efeitos que geram um aumento de produtividade podem ser bastante positivos no âmbito econômico.

    Portanto, investidores estrangeiros podem voltar os seus olhos para o país, em um cenário positivo dessa magnitude, o que pode representar o aumento de investimentos de outros países no Brasil.

    Dessa forma, em tese, a taxa de câmbio seria reduzida. Ou seja: o valor do dólar frente ao real em determinado período.

    Ainda, mercado, investimento e especialização de mão-de-obra são fatores primordiais no que diz respeito ao crescimento econômico.

    Por conta disso, tais fatores devem sempre ser considerados no que diz respeito a uma análise conjuntural de fatores relevantes no âmbito do desenvolvimento do mercado e do país como um todo.

    Ficou com alguma dúvida a respeito de crescimento econômico? Comente abaixo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    4 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Moisés André Zangata 19 de setembro de 2019

      Boa tarde senhor Tiago Reis aqui falas com o seu amologo Zangata, é formado em Sociologia Geral

      Responder
      • Moisés André Zangata 19 de setembro de 2019

        Boa tarde senhor Tiago Reis aqui falas com o seu amologo Zangata, é formado em Sociologia Geral

        Responder
    • AGNALDO 11 de julho de 2020

      Parabéns bem elaborado e explicativo, to formando em administração de empresas to muito feliz.

      Responder
    • Diur 27 de setembro de 2020

      Está claro. Obrigado

      Responder