Acesso Rápido

    Crédito habitacional: o que é e como funciona esta modalidade?

    Crédito habitacional: o que é e como funciona esta modalidade?

    O crédito habitacional é uma forma de financiamento usada para a aquisição da casa própria. Dessa forma, sua quitação é um item importante no planejamento financeiro de muitas famílias brasileiros.

    Outra característica é que uma parcela importante crédito habitacional costuma ser subsidiado pelo governo, o que resulta muitas vezes em taxas de juros diferenciadas. Esse subsídio funciona como forma de política social voltada, sobretudo, para as famílias com menor renda.

    O que é crédito habitacional?

    O crédito habitacional é o crédito concedido especificamente para construir, reformar ou adquirir uma habitação. Este empréstimo é concedido por bancos ou instituições financeiras para pessoas físicas. O crédito habitacional possui condições especiais para atender especificamente esse tipo de demanda.

    Esta é uma modalidade de crédito que visa pagamentos por prazos mais longos que outras formas de empréstimos. Dessa forma, o crédito habitacional pode ser entendido como uma forma de financiamento imobiliário. Os tipos de empréstimo mais comuns nessa modalidade são:

    • Leasing;
    • Hipoteca.

    leasing é uma modalidade muito utilizada no Brasil e que recebe também o nome de alienação fiduciária. Nesse formato, temos um arrendador da moradia e um arrendatário. O papel de arrendador do imóvel comumente é feito pelas instituições financeiras. São elas que propõem o empréstimo para que o arrendatário compre sua habitação.

    Na alienação fiduciária, a propriedade do imóvel financiado fica com o arrendador da mesma. Ela só é transferida ao arrendatário após a quitação completa das obrigações.

    Na hipoteca, tem-se o empréstimo cuja garantia de um financiamento é a própria moradia financiada. Isso significa que, em cado de inadimplência, a propriedade acaba sendo transferida para o credor, para pagamento da dívida.

    Os financiamentos imobiliários são facilmente associados com a hipoteca, ou a garantia das instituições financiadoras de tomarem a casa. Isso acontece se o empréstimo não for pago. No caso do leasing, o imóvel não pode ser dado como garantia, ele será do tomador do empréstimo como acordado no contrato.

    Quer começar a investir no setor imobiliário? Baixe o e-book da Suno que ensina sobre os fundos do setor.

    Recursos do crédito habitacional

    Os recursos para crédito habitacional no Brasil são oriundos de dois sistemas: o Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e o  Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

    O SFH é voltado para a habitação popular e, portanto, financia imóveis destinados a pessoas de menor renda. Seu funding é composto por recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), composto pelas contas poupança, e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). É nessa modalidade que se encontram subsídios e programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida.

    Já o SFI contempla imóveis que não se enquadram nas regras do SFH. Nesta modalidade encontram-se imóveis de valor de mercado mais elevado, em áreas rurais, e também adquiridos com objetivo de investimento. A captação é feita junto ao mercado financeiro. Também, há taxas de juros em patamares mais elevados que no SFH.

    Conseguiu entender mais sobre crédito habitacional por meio desse texto? Deixe suas dúvidas nos comentários a seguir.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *