Por: Tiago Reis

Crédito agrícola: entenda como funciona essa linha de crédito

O crédito agrícola é uma das modalidades de financiamento existente para os empreendedores rurais, sendo concedido por bancos privados e públicos.

Por sua natureza de estímulo para o produtor rural, o crédito agrícola conta com programas e condições diferenciadas para pagamento. Existem cerca de 670 balcões de crédito agrícola no Brasil e mais de 400 mil associações para atender os produtores rurais.

O que é crédito agrícola?

O crédito agrícola é um tipo de financiamento para empresas e produtores rurais. Nessa modalidade estão inseridos: notas, letras de cambiais e empréstimos específicos para quem trabalha com agricultura.

Essa modalidade atenderá principalmente os processos operacionais dos produtores, como: plantação, colheita e comércio.

Logo, pode-se dizer que o financiamento agrícola foi planejado para ajudar nas despesas operacionais, máquinas e o desejo do empreendedor em expandir seu local de trabalho, como comprar mais terra ou comprar um imóvel com espaço maior.

Contabilidade para Investidores

Quais as vantagens do crédito rural?

Dentre as vantagens do crédito agrícola estão:

  • Garantia de juros menores: a taxa ficará entre 0,2% e 10,5% ao ano;
  • Prazo de pagamento maiores. O BNDES chega a conceder até 10 anos para quitação do financiamento;
  • Existem a possibilidade de obter isenção de alguns valores ou taxas financeiras;
  • Os financiamentos serão adaptados ao objetivo do empreendedor.

Qual é a importância do crédito rural no Brasil

O crédito rural no Brasil é um empréstimo que foca em atender:

  • Associações produtoras;
  • Cooperativas rurais;
  • Produtores rurais.

A ideia é aumentar operacional com o financiamento e melhorar o comércio dos produtos agropecuários. O crédito rural no Brasil é importante, pois representa cerca de 23% do PIB nacional (Produto Interno Bruto). Esse setor é o que mais movimenta os indicadores econômicos.

O setor de serviços representa 0,2% do PIB e setor industrial 0,9 %, não chegam a 1% (Pesquisa IBGE). Perante o cenário do setor agrícola, a concessão de crédito rural sim é uma prioridade. Ele serve para que setor simplifique suas ações e aumente a produção.

Assim existem ações que visam simplificar e diminuir o processo burocrático para obtenção de crédito, se comparado com um empréstimo pessoal.

10 livros que todo investidor deveria ler

O governo prioriza o setor, pois sabe que com mais investimentos, a geração de emprego aumentará e o crescimento econômico acompanhará. Ou seja, com o passar dos anos o governo federal, sempre alocará recursos para o crédito rural.

Acompanhado o histórico de 10 anos, entre 1996 e 2016, o governo federal aumentou os recursos em R$ 180 bilhões para obtenção de financiamento agrícola no Brasil.

Como obter crédito agrícola?

Para obter o crédito agrícola no Brasil é preciso procurar instituições financeiras. É possível encontrar linhas de crédito nessa modalidade, nas instituição públicas e privadas. Sendo que este financiamento rural é concedido a pessoas físicas (PF) e pessoas jurídicas (PJ).

Entretanto o fundo que movimenta as linhas de crédito para investimento do setor agrícola e seguro agrícola são gerenciadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Fundos. Dentre os projetos mais famosos De financiamentos, estão: Moderagro, o programa Pronaf Custeio, Pronaf Agroindústria e a Caixa Central (plataforma informatizada).

Por fim, a concessão de crédito agrícola é uma da estratégias empresariais e economicistas. Estas que fazem parte da estrutura do Brasil. As instituições associadas contam com fiscalização e acompanhamento da FENACAM, criada em 1978 para representar os interesses dos caixas agrícolas. 

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

202 artigos
Ações

FIIs

51 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores

Série Guia Suno

3 Livros pelo preço de 1

Aprenda tudo que você precisa saber para começar a investir com a série didática de livros Guia Suno