Contas a receber
Por: Rodrigo Wainberg

Contas a receber: Descubra 2 fatores que reduzem esse item

Você sabe o que significa o item Contas a receber? Este é um componente do ativo circulante da companhia importante de ser avaliado.

Então, o Contas a receber (CAR) é todo o dinheiro que a companhia tem direito de receber dos seus clientes como contrapartida dos produtos vendidos ou serviços prestados.

Essa linha do balanço é bastante comum em demonstrativos financeiros, pois a maioria das empresas fornece algum tipo de crédito para os seus consumidores. Ou seja, a companhia presta o serviço ou entrega um bem, mas o dinheiro dessa venda só será recebido em um prazo posterior.

Portanto, nesse ínterim, é registrado esse crédito da companhia no ativo circulante.

Mas e por que a empresa não coleta tudo à vista?

É simples. Pois se fizesse isso, deixaria de realizar muitas vendas, especialmente para aqueles clientes que costumam usar cartões de crédito, carnês, financiamentos, para adquirir bens e serviços.

Por fim, não confunda com o contas a pagar, que é um passivo.

Iremos agora avaliar um caso real.

Avaliando o Contas a receber da B2W

Contas a receber - B2W
Contas a receber – B2W

Como podemos perceber na tabela acima, a B2W tinha registrado R$414,7 milhões a receber no seu ativo circulante ao final de 2017.

Além disso, podemos ver na tabela abaixo a separação desse total de acordo com o prazo de vencimento.

Vencimentos das contas a receber - b2w
Vencimentos das contas a receber – b2w

Portanto, do total de R$ 450 milhões, 88,6% ainda não venceu, enquanto o restante já está vencido.

Ou seja, era para a companhia já ter recebido R$ 51,3 milhões, mas não recebeu ainda.

Contudo, se você é um leitor atento verá que no ativo circulante está registrado R$ 414,7 milhões. Contudo, na tabela acima está um valor maior, de R$ 450,4 milhões.

Então, de onde vem a diferença?

Provisão para crédito de liquidação duvidosa – Contas a receber

PCLD – B2W

Pois então. O que ocorre é que nem todo o dinheiro que a companhia espera receber será recebido. Existem clientes que simplesmente não terão condições de pagar.

Por esse motivo, a B2W registra uma provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD), que funciona como uma redução no valor que a companhia tem para receber de seus .

Ou seja, é uma conta redutora nos ativos da B2W.

Vemos acima que a PCLD era de R$34,3 milhões ao final de 2017.

Ainda, vale destacar que no caso da B2W, apenas são consideradas passíveis de provisão os valores vencidos há mais de 180 dias.

Ótimo, mas a conta ainda não fecha!

Descontando a PCLD de R$ 34,3 milhões do saldo inicial de R$ 450,4 milhões, chegamos a R$416,1, e não a R$414,7.

Então, de onde vem a diferença de R$1,4 milhão?

Ajuste a Valor Presente

Ajuste a valor presente do contas a receber - B2W
Ajuste a valor presente do contas a receber – B2W

A resposta está no ajuste a valor presente. De acordo com as normas contábeis, é preciso descontar o fluxo de caixa futuro.

Por exemplo, se a companhia espera receber R$ 100 daqui a um ano, então ninguém aceitaria pagar mais de R$ 100 para ter direito a receber R$ 100 no futuro. É preciso levar e

Ou seja, se aplica um desconto baseado em uma taxa de juros e no prazo de recebimento. Para a B2W, a taxa média foi de 10,06% a.a ao final de 2017.

A ideia é similar ao conceito de fluxo de caixa descontado como método de precificação de ações.

 

Utilidade do Contas a receber

Talvez esse artigo tenha falado muito sobre contabilidade até agora, então queria lhe mostrar alguns indicadores de liqudez, que consideram o CAR na fórmula.São eles:

  • Liquidez corrente
  • Liquidez seca

Conclusão sobre o Contas a receber

O Contas a receber é um componente do ativo circulante relacionado ao dinheiro devido à empresa, principalmente pelos clientes que fizeram compras a crédito. Contudo, é importante que a companhia faça o devido provisionamento de perdas para não dar ao investidor a falsa sensação de abundância de liquidez. Dessa forma, os indicadores que utilizam esta métrica serão mais confiáveis.

Rodrigo Wainberg

Profissional aprovado no Level III da certificação CFA, investidor em ações há 6 anos. Possui registro de Analista e Consultor de Valores Mobiliários e é Bacharel em Física pela UFRGS.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

209 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!

CORONAVÍRUS, PETRÓLEO, ECONOMIA E INVESTIMENTOS. VOCÊ JÁ SABE O QUE FAZER?​