Acesso Rápido

    Entre consórcio e financiamento, qual é a melhor opção?

    Entre consórcio e financiamento, qual é a melhor opção?

    No brasileiro há duas formas populares para comprar bens de alto valor: consórcio e financiamento.

    Diversas instituições financeiras oferecem opções de consórcio e financiamento. Mas essas duas modalidades têm algumas diferenças.

    Consórcio e Financiamento: como funcionam?

    Para compras de bens com valores mais altos, é comum no Brasil recorrer à essas opções. O consórcio é quando alguém faz pagamentos parcelados antes de retirar os bens. Já o financiamento, a pessoa compra e paga as parcelas depois.

    Essas duas formas de compra também possuem algumas diferenças burocráticas. Os bens financiados se tornam posse da pessoa só após o término do pagamento. Isto é, até o final das parcelas a posse é da instituição que fez o financiamento.

    Planilha da Vida Financeira

    Coloque suas finanças em ordem! Baixe gratuitamente nossa planilha e aprenda a planejar todas as etapas da sua vida financeira da melhor forma!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Em um consórcio, é feito o pagamento por mensalidades. Isto é, ao final de tudo a pessoa recebe uma carta de crédito com o valor pago ao longo do consórcio. É como um investimento a longo prazo.

    Tanto o financiamento, quanto um consórcio possuem alguns custos. Na primeira opção, há a cobrança de juros. Já em um consórcio é cobrada uma taxa da empresa que faz administração.

    Além disso, dependendo do número de parcelas, um financiamento pode ficar extremamente caro — uma vez que as parcelas acompanham a taxa Selic. Mas há outras diferenças entre o consórcio e financiamento.

    Vantagens e desvantagens do consórcio

    Quem procura comprar um carro, imóvel ou qualquer outro bem usando o consórcio precisa lembrar que só terá o produto ao final do pagamento. Isto é, se o consórcio for de 60 meses a pessoa irá precisar esperar cinco anos.

    Porém, há duas formas de conseguir os bens mais cedo: através de sorteios ou através de lances dados sobre a carta de crédito de quem foi contemplado.

    Para participar do sorteio é preciso apenas ter a mensalidade em dia e, se sorteado, o cotista recebe o crédito para a compra. O participante também pode dar um lance, ou seja, fazer uma oferta para ser contemplado.

    Uma das vantagens do consórcio é não ter a cobrança de juros. Outra vantagem é que o consórcio pode facilmente se adequar a realidade financeira de cada um — já que ele permite que o consorciado escolha tanto o número quanto o valor das parcelas.

    Mas há algumas desvantagens do consórcio, como:

    Os consórcios são considerados uma forma de investimento, e possuem alguns riscos. Em casos de inadimplência, maior que 5%, há aumento no valor das parcelas.

    Além disso, há as taxas para administração que costumam ser de 0,3% ao mês. Por exemplo, em um consórcio de 60 meses a taxa de administração chegaria a 18% pelo menos. Taxas muito altas são uma das desvantagens do consórcio.

    Além disso, como são investimentos de longo prazo pode haver a valorização do bem. Muito comum para quem pensa em comprar um imóvel. Em 5 anos, um imóvel pode estar mais valorizado e custar mais que o valor do consórcio.

    Planilha de Controle de Gastos

    Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Vantagens e desvantagens do financiamento

    Opção de compra oferecida por diversas instituições financeiras, o financiamento permite uma compra mais imediata e o pagamento a longo prazo.

    As taxas de juros dos financiamentos estão ligadas a Taxa Selic. Por isso, o valor das parcelas podem mudar ao longo do período. Alguns financiamentos têm prazo para pagamento de até 30 anos.

    Além disso, há linhas de créditos específicas. Por isso, alguns financiamentos têm taxas de juros de diferentes. Algumas das linhas de crédito de financiamentos são:

    • Financiamento Estudantil;
    • Financiamento Imobiliário.
    • Financiamento de automóveis;
    • Financiamento Rural;
    • Financiamento Empresarial.

    Uma das desvantagens do pagamento a longo prazo é a falta de garantia. Em caso de diminuição da renda, as parcelas podem pesar no bolso.

    Qual escolher: consórcio ou financiamento?

    A melhor opção vai depender da necessidade de cada um. Mas é preciso fazer algumas pesquisas. Por exemplo, em caso de consórcios é importante observar as taxas de administração.

    Se a opção for um financiamento, uma quantia significativa como entrada ajuda a diminuir o número e valor das parcelas. Assim, a taxa de juros fica menor.

    Você ficou com alguma dúvida sobre consórcio e financiamento? Deixe um comentário abaixo.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *