Por: Tiago Reis

Compliance: Conheça os objetivos centrais desse tema nas empresas

Tema cada vez mais discutido dentro das empresas em todo o globo, o compliance é de extrema importância para as empresas que desejam seguir boas práticas perante todos os seus stakeholders.

Podemos dizer que compliance é o conjunto de disciplinas seguidas por uma empresa com objetivo de garantir que a mesma se mantenha dentro das normas, legais e regulamentares.

Por isso são criadas políticas específicas das quais uma companhia tem que seguir de modo a evitar ou até corrigir qualquer inconformidade que possa ocorrer.

O significado de compliance tem origem na língua inglesa através do verbo “to comply”, do qual significa agir conforme uma regra, uma instrução, comando ou pedido.

Por exemplo, uma empresa detentora de uma concessão de uma usina hidroelétrica deve estar conforme com todos os aspectos regulatórios, ambientais e até mesmo trabalhistas para que possa operar de forma devida.

Cada negócio específico tem o seu conjunto de normas a seguir, portanto o programa de compliance dentro das empresas tenta fazer com que todas essas exigências sejam seguidas corretamente.

Implantação do compliance nas empresas

Implantação do compliance nas empresas

Esse tema nos dias de hoje não é mais abordado como um sinônimo de adequação jurídica, mas sim como um conjunto de procedimentos que vão desde o chão de fábrica até a direção da empresa.

Com a crescente globalização das empresas, a pressão pela implantação de padrões avançados de ética impulsionam as mesmas para a criação de programas de treinamentos sobre o tema.

Para isso, é de extrema necessidade a educação dos colaboradores e gestores da companhia sobre a importância de seguir todas as normas vigentes para o negócio.

Pois o descumprimento de normativos quanto às questões ambientais, por exemplo, podem gerar impactos muitas vezes irreversíveis a natureza e até mesmo a empresa.

Então através da implantação de todas as ferramentas e o cumprimento dos normativos exigidos, espera-se que as empresas estejam aptas competitivamente em relação à qualidade dos seus serviços e utilização dos recursos em relação as empresas que não as cumprem.

Objetivos centrais e funções do compliance numa organização

Objetivos centrais e funções do compliance numa organização

A seguir, listamos alguns pontos dos quais é função da equipe de compliance fazer que aconteça o correto cumprimento dos mesmos:

  • Interpretar a legislação e adequá-las à realidade da empresa;
  • Elaborar manuais de conduta para todos os funcionários da empresa;
  • Realização de auditorias internas;
  • Desenvolver projetos de melhoria da utilização dos recursos da empresa;
  • Trabalhar na prevenção de fraudes e casos de corrupção dentro da empresa;
  • Fiscalizar a conformidade contábil dos balanços da companhia.

Agora para que tudo isso consiga ser implantado é necessário a criação de uma cultura corporativa que esteja alinhada com todos esses temas dos quais citamos.

Não adianta a cúpula de uma empresa ter consciência do cumprimento de todas as normas se todos os operários da companhia não fazem ideia que elas existam.

Isso acontece frequentemente, pois muitas vezes os trabalhadores não fazem ideia de todos os impactos que a sua companhia pode causar para si e para toda uma sociedade.

Portanto, é importante que nunca se deixe que o compliance fique somente no papel. É preciso esforço de todos para que ele seja realmente posto em prática, pelo bem da empresa e de toda uma sociedade.

 

 

 

 

 

 

 

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Bufeett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!