Acesso Rápido

    Cheque cruzado: entenda o que é e como funciona

    Cheque cruzado: entenda o que é e como funciona

    O cheque é um documento de pagamento à vista bastante utilizado por pessoas físicas e jurídicas, sendo que ele pode ser nominal ou até mesmo um cheque cruzado.

    Dessa forma, ao emitir um cheque cruzado, emissor se protege contra eventuais problemas como furto ou roubo do documento que podem afetar o planejamento financeiro.

    O que é cheque cruzado?

    O cheque cruzado é uma maneira de preenchimento, onde o receptor poderá somente depositar o cheque, ou seja, não poderá sacá-lo na boca do caixa.

    Muitas pessoas possuem dúvidas sobre como preencher cheque cruzado. No entanto, apesar das dúvidas sobre como cruzar um cheque, realizar o cruzamento é algo bem simples.

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Basta apenas fazer dois traços no canto superior esquerdo dele. Feito isso, a pessoa que recebeu o cheque não poderá sacá-lo.

    Dessa forma, a única maneira de receber o valor do cheque é efetuando o depósito dele diretamente em uma conta corrente ou poupança.

    Quantos dias para compensar um cheque cruzado de outro banco?

    Uma das maiores desvantagens do cheque cruzado para quem recebe está na quantidade de dias para se compensar esse cheque.

    Quando o valor do cheque é superior a R$ 300,00, ele demora dois dias úteis para compensação bancária. Por exemplo: Ele é depositado no dia 01 que é uma segunda-feira na conta de quem o recebeu. No dia 02 o cheque é debitado da conta de quem o passou e no dia 03 o valor é liberado na conta de quem o recebeu.

    Caso o valor do cheque seja inferior à R$ 300,00 ele irá demorar um dia a mais para ser compensado. Neste exemplo acima, o dinheiro estaria disponível na conta de quem recebeu apenas na quinta-feira dia 04.

    Vantagens do cruzamento do cheque

    Uma das principais vantagens em se cruzar cheque está na segurança do emissor. Pois, como ele só pode ser depositado em uma conta corrente, fica mais fácil a identificação de uma fraude.

    Desse modo, se o cheque for furtado, o emissor ganha tempo para fazer a sustação do cheque, sendo que o mesmo procedimento pode ser adotado em caso de desacordo comercial.

    Também é possível identificar a conta do destinatário onde foi depositado o cheque, pois é obrigatório nominar o cheque cruzado antes do seu depósito.

    Quer aprender a investir em dividendos? Baixe então o nosso E-book investindo em dividendos.

    Cheque nominal cruzado

    Além do cruzamento do cheque, o emissor poderá nominá-lo. Isso quer dizer que ele colocará o nome da pessoa que está recebendo o cheque.

    Portanto, esse cheque só poderá ser depositado em uma conta que esteja no nome da pessoa à qual foi repassado o cheque.

    Porém, quando o cheque está nominal mas não está cruzado, ele pode ser sacado na boca do caixa pela pessoa que recebeu o cheque.

    Para que essa pessoa possa repassar esse cheque para terceiros, ela precisa portanto endossar o cheque. Isso nada mais é que assinar atrás do cheque colocando o número do seu CPF e RG.

    No entanto, se o emissor do cheque colocar no documento um termo dizendo “cheque não-à-ordem”, cheque não-transferível” ou “proibido o endosso”, ele não poderá ser usado por outra pessoa senão o receptor.

    Dessa forma, ao fazer um cheque nominal, cruzado e proibindo o endosso, o emissor estará seguro de que somente o receptor poderá fazer o depósito do cheque.

    Foi possível entender o que é um cheque cruzado? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

     

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *