Acesso Rápido

    Cheque administrativo: conheça essa forma de pagamento

    Cheque administrativo: conheça essa forma de pagamento

    Apesar de pouco utilizado pela maioria das pessoas, o cheque administrativo é um dos métodos de pagamento mais seguros existentes. Ele possui diferenças substanciais do cheque convencional, o qual cada vez mais está em desuso.

    O cheque administrativo foi criado justamente pelo medo da inadimplência dos cheques convencionais. Conhecer melhor esse método, além de contribuir para a educação financeira, pode ser útil para transações de valores mais elevados.

    O que é cheque administrativo?

    O cheque administrativo é uma ordem de pagamento emitida pelo proprietário de uma conta utilizando os fundos do próprio banco, a fim de favorecer um terceiro. Dessa forma, a compensação desse tipo de cheque é garantida.

    Essa modalidade difere muito dos cheques convencionais ou pré-datados. No caso do administrativo, esse é preenchido diretamente pelo banco e ele é o fiador do pagamento. No caso do convencional, o próprio pagador preenche-o e esse é totalmente responsável por ter saldo suficiente para a efetivação do pagamento.

    Essa modalidade de pagamento existe em vários países. Sua regulamentação, inclusive, está prevista na Lei Uniforme de Genebra, que versa sobre essa alternativa de pagamento e teve seu reconhecimento no Brasil.

    No momento em que esse cheque é emitido, o saldo referente ao valor já é descontado da conta do emissor. Sendo assim, é uma forma de pagamento que passa uma maior tranquilidade para quem irá receber o cheque administrativo.

    Qualquer pessoa pode solicitar cheques administrativos, sendo ela correntista de um banco ou não. No caso dos não correntistas, apesar de ser permitida a emissão, não são todos os bancos que fornecem esse serviço para quem não é cliente

    Como solicitar cheques administrativos?

    Para emitir cheque administrativo, é necessário solicitá-lo diretamente no caixa ou com o gerente da conta. No caso do solicitante não ser correntista, o procedimento é o mesmo. Todavia, ele terá que efetuar o pagamento ao banco do valor do cheque no momento da emissão do mesmo.

    No momento da solicitação, é necessário informar os dados do beneficiário. Essa modalidade é sempre nominal. Dessa forma, para emissão é necessário informar os seguintes dados:

    • Nome completo;
    • Dados bancários;
    • Valor do pagamento.

    Quer administrar melhor as finanças da sua família? Baixe a planilha do orçamento familiar da Suno.

    Apesar de ser nominal, pode ocorrer o endosso de cheque administrativo. Ou seja, o beneficiário repassá-lo para um terceiro, para que esse efetue a compensação do cheque administrativo. Mas isso não é recomendado dado que esse tipo de pagamento costuma ser utilizado para quantias mais elevadas.

    Outro ponto para estar atento, é que para a emissão de cheques administrativos costumam ser cobradas tarifas bancárias. Essa taxa pode variar de uma instituição financeira para outra.

    Vantagens do cheque administrativo

    Esse é um método de pagamento utilizado para transações de maior valor, justamente pela sua segurança. Nas transações de carros ou imóveis, pode ser uma opção mais segura até mesmo que uma transferência.

    vantagens do cheque administrativo também para quem irá realizar o pagamento. Para efetuar um pagamento de alto valor para um desconhecido, por exemplo. Esse método de pagamento pode eliminar o problema da desconfiança em uma transação.

    Como não há riscos do beneficiários ter uma surpresa negativa quando for descontar o cheque administrativo, não é incomum o vendedor inclusive preferir esse método. Isso evita transtornos posteriores, como processos judiciais ou protesto em cartório.

    Além disso, como essa forma de pagamento é segura, é possível dispensar um intermediário como bancos, por exemplo, o que provavelmente incorreria em custos maiores.

    Esse artigo ajudou você a entender o que é o cheque administrativo? Deixe suas dúvidas e comentários abaixo.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    6 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Renato 11 de fevereiro de 2020

      Olá,

      Como fica a data da compensação? É preciso ter data programada ou a compensação pode ser feita a qualquer hora e dia após emissão?

      Responder
    • Carlos Alves de Souza 15 de maio de 2020

      Muito elucidativo na explicação.

      Responder
    • Moyses S. Oliveira 8 de junho de 2020

      Agradeço de coração pelas informações que serão muito úteis em um negócio de venda de imóvel que estou assessorando.

      Responder
    • TEREZINHA CONCEIÇÃO VALENTE 17 de julho de 2020

      MUITO ESCLARECEDOR .

      PARABÉNS
      GRATA
      TEREZINHA

      Responder
    • Edmar 12 de agosto de 2020

      Sou cliente Bradesco. Como faço para compensar um cheque administrativo?

      Responder
    • Maria Aparecida de Fátima 18 de outubro de 2020

      posso pedir ao banco um cheque administrativo nominal a mim mesmo?

      Responder