Acesso Rápido

    Certificações Financeiras: o que são, quais são as principais e como conseguir?

    Certificações Financeiras: o que são, quais são as principais e como conseguir?

    As certificações financeiras são muito importantes para o mercado de capitais, pois comprovam que um profissional pode atuar naquela área.

    Sendo assim, existem instituições que regulam essas certificações financeiras, como é o caso da ANBIMA, famosa organização dentro do mercado financeiro.

    O que são as Certificações Financeiras?

    As certificações financeiras são qualificações específicas que permitem aos profissionais do mercado financeiro atuarem em suas áreas de interesse dentro das atribuições cabíveis em cada uma desses selos.

    Em primeiro lugar, é preciso salientar que qualquer pessoa pode se tornar pode se tornar um investidor, sem a necessidade de certificações.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    No entanto, para se tornar um profissional do mercado financeiro, ou um analista, é preciso tirar sua certificação.

    Dessa forma, para poder realizar indicações de investimentos, são necessários esses requisitos para que a atividade se torne legal.

    Entretanto, muitas pessoas que se interessam têm muitas dificuldades para compreender os mais diversos tipos de exames que existem

    Por isso, é necessário diferenciar cada uma, para que o profissional escolha qual certificação tirar.

    Como obter uma Certificação Financeira?

    De fato, as certificações financeiras devem ser conquistadas mediante a aprovação em uma prova de conhecimentos específicos.

    Portanto, cada certificação exigirá conhecimentos diferenciados do outro. Instituições como a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) e a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) controlam essas avaliações.

    Dessa forma, certificações com menos atribuições tenderão a possuir avaliações mais simples do que aquelas cujos profissionais atuantes adquiram grandes responsabilidades.

    Sendo assim, cada profissional poderá avaliar como tirar uma certificação financeira que esteja enquadrada em seus objetivos.

    Além disso, após a aprovação na prova, é preciso fazer o registro frente a instituição que cuida da certificação em questão.

    No entanto, tanto a prova quanto o registro profissional deve ser feito mediante pagamento, que varia em cada caso.

    Quais são as Principais Certificações Financeiras?

    Entre as inúmeras certificações financeiras disponíveis no mercado, as principais são as seguintes:

    • CPA-10;
    • CPA-20;
    • CEA;
    • CGA;
    • AAI;
    • CNPI;
    • CFP.

    E-book: Investir em Fundos de Investimento

    Baixe gratuitamente nosso ebook aprenda como escolher e investir nos melhores Fundos de Investimento do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    1. CPA-10

    Primeiramente, destaca-se o CPA-10 (sigla para Certificação Profissional Anbima – Série 10). Assim, essa certificação é voltada para quem tem interesse em atuar na área de prospecção de clientes ou venda de produtos de investimentos junto aos investidores tanto pessoa física quanto jurídica.

    2. CPA-20

    Em segundo lugar, na sequência da escala de atributos das certificações financeiras existe o CPA-20, que é a sigla para Certificação Profissional Anbima – Série 20.

    Sendo assim, este tipo de “selo” é destinado a profissionais que desejam atuar, assim como no caso do CPA-10, na prospecção de clientes ou venda de produtos de investimento, sendo uma importante certificação bancária.

    No entanto, os profissionais contam com a possibilidade, também, realizar manutenção de uma carteira junto a investidores Varejo Alta Renda, Private Banking, Corporate e Investidores Institucionais.

    E-book: Investindo em Dividendos

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e descubra como viver de renda investindo em empresas pagadores de dividendos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    3. CEA

    Sigla para Certificação de Especialista em Investimentos Anbima, o CEA é voltado para profissionais que buscam assessorar os gerentes de contas de investidores pessoas físicas em investimento, podendo indicar, assim, produtos de investimentos de diversas naturezas.

    Sendo assim, o principal diferencial entre essas três primeiras certificações se faz nas suas respectivas amplitudes de atuação.

    Portanto, um profissional com qualificação CEA, por exemplo, possui um “leque” de alternativas maior que um profissional com qualificação CPA-20, ao passo que este atua mais amplamente que um CPA-10.

    No entanto, vale mencionar que um profissional CEA incorpora todas as atividades também autorizadas para CPA-20 e CPA-10.

    4. CGA

    Abreviação de Certificação de Gestores Anbima, o CGA é recomendado para quem deseja desempenhar atividades de gestão profissional de recursos de terceiros.

    Assim sendo, para investidores que possuem interesse em abrir uma Asset, ou um Family Office, por exemplo, é necessário a conquista dessa que é uma das certificações financeiras com a prova mais complexa.

    5. AAI

    O Agente Autônomo de Investimentos (AAI) trabalha na intermediação e distribuição de valores mobiliários entre o mercado e os investidores

    No entanto, essa função é conhecida popularmente pelo nome de corretor. O AAI cuida da relação entre a corretora e seus clientes.

    Portanto, sua atuação é na área de atendimento e suporte das operações realizadas pelos clientes dentro do ambiente da corretora.

    6. CNPI

    O Certificado Nacional do Profissional de Investimentos – CNPI – é um selo obrigatório solicitado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para que uma pessoa exerça a função de Analista de Valores Mobiliários.

    Assim, essa é uma das certificações financeiras necessária para profissionais que desejam, por exemplo, desenvolver relatórios de investimentos e/ou se tornarem analistas de Research ou consultorias.

    Por fim, essa certificação é desenvolvida pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec), e normalmente é disponibilizada em dois tipos, o CNPI para analista fundamentalista, e o CNPI-T para analista técnico.

    Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    7. CFP

    Sigla para Certified Financial Planner, o CFP é voltado para profissionais que atuam em áreas que exigem conhecimentos em investimentos, como planejamento financeiro, gerenciamento de riscos, seguridade, questões fiscais e sucessórias.

    De fato, muitas vezes, não basta apenas o profissional conhecer os produtos financeiros em si.

    Sendo assim, é necessário realizar um verdadeiro planejamento financeiro para os clientes de acordo com suas necessidades e objetivos. Nesse âmbito, o CFP se faz fundamental e necessário para que se possa atuar no mercado nesse sentido.

    Por que as Certificações Financeiras são importantes?

    Conforme mencionado anteriormente, para se tornar um investidor, basta uma pessoa criar o hábito de poupar os seus recursos e aplicá-los em alguns dos mais diversos tipos de alternativas de investimentos disponíveis no mercado financeiro.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Entretanto, alguns podem desejar se tornar profissionais nesse mercado e poder, com isso, realizar análises e direcionar indicações de investimentos.

    Dessa forma, é preciso que os profissionais cumpram com alguns tipos de qualificações que são necessárias a esse fim.

    De fato, o mercado de capitais é bastante dinâmico, e certificações financeiras neste sentido se mostram uma maneira bastante eficiente de se regular e fiscalizar esse representativo veículo econômico de um país.

    Portanto, fica claro é possuir uma forma de mensurar a capacidade dos profissionais atuantes nesse mercado é de grande importância.

    Por fim, ainda possui dúvidas a respeito das certificações financeiras? Comente abaixo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    17 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Ana Cláudia 3 de junho de 2019

      Olá. Obrigada por ser luz. Preciso se mais uma informação: Qual o caminho para obtenção das certificações, principalmente, a CFP? Em que faculdade ou órgão obtenho isso?

      Responder
      • Macarena González Páez 4 de julho de 2019

        Mesma dúvida.

        Responder
      • OMAR CARREGOSA 30 de julho de 2019

        Apimec, Anbima e caso queira Ancord

        Responder
      • Marcos Paulo Teles 9 de agosto de 2019

        O CFP pode ser obtido com 3 anos de experiência comprovadas em gestão financeiras, nível superior completo e é feito através da Planejar.

        Responder
      • Suno Research 15 de agosto de 2019

        No Brasil é a associação brasileira de planejadores financeiros.

        https://www.shiksha.com/cfp-certified-financial-planner-chp

        Responder
      • Ygor Jhones 5 de julho de 2020

        Fantástico!!
        Me condicionou a ter maiores objetivos através destas certificações.

        Responder
    • Peterson 21 de setembro de 2019

      quais certificados são mais indicados para a pessoa física que já administra seu próprio fundo? vale a pena para estas pessoas que não tem previsão de trabalhar para terceiros?

      Responder
    • Matheus 28 de dezembro de 2019

      Queria saber se posso ter o AAI e CPA-20 ao mesmo tempo.

      Responder
      • Felipe Mila 19 de março de 2020

        Sim, pode.

        Responder
    • Oswaldo 14 de fevereiro de 2020

      Todas certificações precisam de formação superior? na Suno existem profissionais da área sem formação superior?

      Responder
      • Felipe Mila 19 de março de 2020

        cpa-10, cpa-20, cea, ancord não precisam

        Responder
    • henrique 25 de março de 2020

      Com o certificado CNPI eu posso investir em BDR’s ?

      Responder
    • Jordão Cambende Zumba 13 de maio de 2020

      Sou estrangeiro de nacionalidade angolana.
      Resido em angola.
      Por motivos pessoais pretendo me formar em online 100% na faculdade anhanguera do campo limpo são paulo.
      Mas pra isto preciso de cfp.
      Preciso que facultem o cfp

      Responder
    • Carlos De Marchi 7 de julho de 2020

      Olá. Posso tirar os certificados da Ancord, CGA e CNPI ao mesmo tempo?

      Responder
      • Suno Research 8 de julho de 2020

        Boa tarde
        Pode tirar as certificações, mas vai ter que escolher qual quer exercer.
        Atenciosamente. Equipe Suno.

        Responder
    • Vavá 26 de julho de 2020

      Eu quero ser um Gerente de Alta renda, é a Certificação CEA ANBIMA mesmo? Fale mais de CEA.

      Responder