Inicialmente, é valido destacar a importância que se faz o capital financeiro no campo empresarial e dos investidores.

Com o intuito de contribuir para o conhecimento do leitor, o capital financeiro será abordado de forma simples e objetiva.

Antes de mais nada, o capital financeiro é um conceito que pode ser definido como a soma do capital bancário (dinheiro) com o capital produtivo (investimentos, ações, força de trabalho entre outros). Em outras palavras, é a soma do que se tem no banco com os valores adquiridos por meio de transações financeiras como investimentos, compra e venda de ações, investimentos em fundos, imóveis, negócios, e muitos outros.

Um exemplo de capital financeiro são os fundos de investimentos imobiliários, que permitem a rentabilização mês a mês.

Podemos, também, utilizar o exemplo de um governo que, para financiar uma obra ou um novo projeto para melhorias econômicas , emite títulos de dívida pública no mercado para arrecadar capital.

Quais são as características do capital financeiro para a empresa?

Capital financeiro

O recurso financeiro do business é um dos elementos mais importantes para uma boa administração empresarial.

Entretanto, esse é um conceito que nem sempre é bem assimilado pelos empreendedores, mesmo aqueles que já têm certa experiência.

Dessa forma, problemas com pagamentos, falta de recursos e dificuldades para quitar dívidas acabam sendo situações de risco.

Portanto, o capital financeiro para a empresa são os recursos que precisam para garantir a continuidade de suas operações.

Nesse caso, ele representa o ativo circulante dessa companhia para que ela possa arcar tanto com seus custos fixos quanto com os variáveis.

Na prática, ele é a soma de todos os recursos que encontram-se em estoque e em contas bancárias da empresa.

E nesse contexto, capital financeiro são as aplicações, os proventos e tudo o mais que pode ser convertido em dinheiro.

Por outro lado, o que o capital financeiro oferece como maior benefício é dar ao gestor parâmetros para que ele saiba o quanto a empresa dispõe para cumprir com suas obrigações de maneira a manter o seu funcionamento.

O capital financeiro e os investidores

Para o investidor, essa definição se baseia em tudo aquilo que ele obtém através de suas aplicações. Contudo, para ter o capital financeiro, as pessoas físicas devem trabalhar, poupar, investir e fazer boas escolhas.

Nessa direção, quem mantém um fluxo de caixa positivo aproveita as oportunidades, o que atribui grandes benefícios.

Vale destacar que, muitas vezes, um bom negócio surge e o investidor tendo caixa disponível pode realizar a aquisição, podendo assim, obter bons rendimentos.

Diante disso, um fator crítico para o sucesso do investidor é ter uma reserva de recursos bem elaborada e planejada.

Sendo assim, será protegido de possíveis necessidades financeiras, o qual obterá boas realizações em seus negócios.

Definitivamente, capital financeiro nada mais é que dinheiro em caixa. Com disponibilidade financeira, empresas e mesmo pessoas físicas ficam menos reféns das flutuações econômicas e podem tomar decisões com base no que foi planejado e em oportunidades que venham a emergir.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.