Acesso Rápido

    Call de fechamento: como funcionam os últimos minutos de pregão na bolsa?

    Call de fechamento: como funcionam os últimos minutos de pregão na bolsa?

    Além de dominar conhecimentos sobre economia, finanças e investimentos, quem quiser ter sucesso no mercado de ações também precisa entender como ocorre o próprio funcionamento da bolsa de valores. Alguns momentos durante o pregão podem ser cruciais para comprar ou vender determinado ativo – e, por isso, o investidor deve saber como proceder em cada situação. Esse é caso, por exemplo, do call de fechamento.

    Por encerrar as negociações do dia, o call de fechamento concentra um alto volume de operações – sendo assim um dos momentos mais decisivos em um dia de pregão na bolsa de valores.

    O que é call de fechamento?

    O call de fechamento são minutos finais de um dia de negociação na bolsa de valores, a B3. Também conhecido como leilão de encerramento, ele acontece durante os últimos cinco minutos que antecedem o término do pregão. Logo, o horário do call de fechamento vai das 16h55 até às 17h00 durante a maior parte do ano.

    Durante esse período, a negociação no pregão entra em um modo especial, ocorrendo sobre a forma de leilão. Porém, diferente do leilão de pré-abertura, o call de fechamento possui tempo de duração limitado e só permite a participação de determinados papéis.

    Qual o objetivo do call de fechamento?

    O call de fechamento acontece para determinar o preço de ajuste dos contratos no término do pregão, de acordo com mesmas regras utilizadas para o fixing no Sistema Eletrônico de Negociação. Dessa forma, o fechamento de preços do dia é processado com mais transparência.

    Logo, com o call de fechamento, as últimas negociações de determinados ativos naquele dia aconteçam de forma mais justa, permitindo que todos os investidores acompanhem e participem do fechamento do papel.

    Quais papéis fazem parte do call de fechamento?

    As regras para participar do call de fechamento são semelhantes com o que acontece durante a negociação no after market. Ou seja, só fazem parte do call de fechamento ativos que façam parte das carteiras teóricas dos índices da B3 – como o Ibovespa, por exemplo.

    Além disso, também entram no call de fechamento algumas séries de opções apresentam maior liquidez de negociação, conforme for divulgado pela própria Bolsa.

    Porém, em alguns casos a própria bolsa pode determinar a entrada de uma ação em particular para participar do call de fechamento do dia. Mas para que essa exceção aconteça, a bolsa deve informar ao mercado inclusão desse ativo no call de fechamento pelo menos 30 minutos antes dele começar.

    Como funciona a negociação durante o call de fechamento?

    As operações no call de fechamento funcionam da mesma forma que as negociações normais durante o pregão. Ou seja, o processo de fechamento de negócios ocorre de acordo com o cruzamento das ofertas de compra e venda que são registradas. São respeitados a prioridade de preço (maior preço na compra, e menor preço na venda têm prioridade) e ordem cronológica de registro.

    Segundo a própria B3, estima-se que a bolsa chega a negociar de 5% a 10% do seu volume diário apenas nos cinco minutos do call de fechamento. Uma das explicações para isso diz respeito a um tipo de ordem de compra e venda muito comum no mercado, onde o investidor opta por negociar determinados ativos no preço de fechamento (oferta MOCMarket on Close), ou a um percentual do volume total negociado no dia do ativo.

    Como o preço de fechamento e o volume total do dia ainda só são definidos quando o pregão termina, esse tipo de transação só é realizada no final do dia, durante o call de fechamento.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    11 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Gabriel Lima 16 de agosto de 2019

      A suno está me ajudando demais no aprendizado

      Responder
      • Suno Research 19 de agosto de 2019

        Sempre bom ler isso. Forte abraço!

        Responder
    • Vítor Tavares 30 de agosto de 2019

      Olá Thiago, sou assinante da Suno, invisto em ações há alguns meses, porém hoje foi a primeira vez que acompanhei o fechamento do mercado. Possuo duas ações em uma determinada corretora, com preços (aprox.) de R$19,00 e R$8,00, que hoje, por volta das 17h (Acho que alguns minutos depois), tiveram uma valorização, respectivamente, de 80% e 20%. Estava acompanhando as cotações pelo app de outra corretora, logo após essa valorização, os preços normalizaram, e em nenhum momento, no site da corretora onde possuo os ativos, constou no preço dos ativos essa valorização. Minha dúvida é: por que ocorreu uma variação tão grande no preço dos ativos e como posso aproveitar essas oportunidades no futuro, se houver a possibilidade de fazê-lo. Agradeço desde já! Parabéns pelo excelente trabalho.

      Responder
      • Diim Santos 13 de maio de 2020

        Também percebi isso … tenho a mesma duvida… vejo grandes oportunidades, mas quero entender o quanto se pode administrar o risco nesses momentos.

        Responder
        • Francisco 16 de setembro de 2020

          Entrei no site para tirar essa dúvida e não foi explicada exatamente a parte que interessa. Por que o preço de compra sobe e o de venda desce. E como podemos participar. Já testei dando um lance de compra bem alto as 16h55m01s e ele só foi executado após lances de compra abaixo do meu preço.

          Responder
    • marcos 6 de fevereiro de 2020

      ohhhhhhh parabens voce explicou tudo, todo mundo entendeu…..

      Responder
    • EDSON 26 de março de 2020

      Ola Thiago!

      Bom dia.

      Pode me explicar porque uma ação no final do pregão o seu último valor negociado é bem maior que o valor de fechamento???

      Responder
    • Ivan 9 de abril de 2020

      Muito bem escrito e explicado, Parabéns

      Responder
    • José Soares 15 de abril de 2020

      Excelente. Algumas dúvidas foram sanadas com esses esclarecimentos. Parabéns Suno

      Responder
    • Diim Santos 13 de maio de 2020

      Que conteúdo bom, de boa compreensão e estimula a curiosidade. Me ajudando a tomar um norte!

      Responder
    • Rose 27 de agosto de 2020

      Ótima explicação. Obrigado pessoal.

      Responder