Balancete

Para investidores de todos os níveis, compreender os fundamentos existentes em torno de um balancete de empresas é de fundamental importância.

Isso se torna uma verdade porque, através do balancete, é possível enxergar de maneira bastante clara o financeiro de uma empresa e se examinar, com isso, se os lançamentos contábeis realizados são coerentes.

Balancete – O que é?

O balancete é um demonstrativo financeiro de caráter não obrigatório feito pelas empresas, mas que é muito relevante para que se previna possíveis erros tanto de crédito quanto de débito na contabilidade de um business. Ainda, esse documento é de uso interno, sendo muitas vezes usado estrategicamente pela companhia em questão, e normalmente contém todas as contas e saldos em um determinado período. Por fim, por não possuir um caráter obrigatório, esse parecer pode ser impresso, editado e alterado sempre que necessário.

Ainda, a periodicidade desse tipo de relatório pode ser definida de modo que seja o balancete mensal, quinzenal ou até mesmo diário, ficando a critério da gestão do negócio a sua regularidade.

Diante disso, vale ressaltar que a importância deste relatório é examinar se existe um crédito correspondente para cada débito no balanço patrimonial da companhia.

Assim, fica possível entender a definição e o que é balancete, porém existem algumas outras peculiaridades a serem destacadas frente a esse documento.

Esse critério precisa ser atendido para que assim, de fato, o saldo credor se torne igual ao saldo devedor da empresa.

Balancete Patrimonial – Peculiaridades

Ainda sobre o balancete patrimonial, vale destacar que, através dessa certidão, a contabilidade da companhia em questão verifica se o método de partidas dobradas segue sendo observado pela escrituração da empresa.

Não bastasse, essa é uma ferramenta relevante para que os gestores possam acompanhar a evolução de receita e despesas de determinado período.

Além disso, tal atestado também permite a constatação a respeito das margens de lucros do produtos e/ou serviços oferecidos, além de ser muito usado, também, para o cumprimento de metas financeiras.

Assim, esse relatório define parâmetros muito importantes para as tomadas de decisões de uma gestão no que tange novas caminhos e estratégias de uma companhia.

Balancete

Isto posto, cabe aqui ressaltar que é a partir dos balancetes que são elaboradas as seguintes verticais contábeis:

Em relação a essas duas frentes provenientes da contabilidade, é interessante destacar o seguinte.

A DRE informa todas as receitas e despesas de uma companhia ao longo de um determinado período.

Assim, descontando-se as demais linhas como depreciação e amortização, por exemplo, a última linha da DRE informa o lucro ou prejuízo do período.

Já o Balanço Patrimonial é definido como sendo a demonstração contábil destinada a evidenciar, quantitativa e qualitativamente, a posição patrimonial e financeira da empresa em uma determinada data.

Com isso, ao contrário das DRE, o balanço se refere sempre a uma determinada data, e não a um ano, trimestre, ou qualquer outro período.

Para concluir

Assim, costuma-se dizer que essa demonstração é como se fosse uma “foto” instantânea das condições financeiras da empresa naquele momento.

Diante disso, fica claro perceber que, pela sua relevância e importância dentro de um conceito contábil, o balancete é um fator de muita importância e que deve ser levado em consideração por um investidor ao se analisar os fundamentos de uma companhia.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.