Acesso Rápido

    Antecipação de recebíveis: entenda os casos em que pode ela ser feita

    Antecipação de recebíveis: entenda os casos em que pode ela ser feita

    Operação muito comum entre empresas de diversos tamanhos, a antecipação de recebíveis pode ajudar uma companhia que necessita de dinheiro em caixa de modo rápido e barato.

    Podemos dizer que a antecipação de recebíveis é uma operação de crédito onde a empresa oferta como garantia a sua geração de caixa futura de modo a receber o capital adiantado em troca de taxas cobradas por instituições financeiras.

    De maneira geral, essa é uma atividade relativamente simples, e que possui taxas normalmente mais baixas do que os demais tipos de créditos disponíveis no mercado.

    A grande vantagem da antecipação, é que o gestor de uma empresa não está pegando um recurso emprestado, mas sim adiantando o capital que seria devido à companhia no futuro.

    Empresas que trabalham muito com vendas em cartões de crédito, duplicatas ou cheques pré-datados, muitas vezes lançam mão dessa possibilidade como forma de ajustar o seu fluxo de caixa.

    Como funciona a operação de antecipação de recebíveis

    Nos dias de hoje, algumas instituições são legalmente permitidas para realizar esse tipo de operação, tais como bancos e adquirentes de serviços de cartão.

    Para realizar essa antecipação, a empresa solicitante terá que pagar taxas de juros cobradas por uma instituição financeira, de modo a conseguir adiantar os valores que lhe são devidos.

    Desse modo, é muito importante que se analise antecipadamente as outras opções de crédito de curto prazo no que tange aos juros cobrados por esse adiantamento.

    Depois de feita a operação de antecipação, a instituição financeira assumirá a responsabilidade pelo recebimento do recurso que virá a ser pago no futuro.

    Portanto, quando o cliente vier a pagar a sua fatura, aquele que irá receber será a instituição que realizou a antecipação.

    Mas antes de tudo isso ocorrer, a instituição que concederá o adiantamento fará uma análise profunda da carteira de clientes e do balanço da empresa que solicitou.

    Sem contar que, em caso de inadimplência de clientes, muitas vezes o responsável pelo pagamento dessa dívida com a instituição será o próprio dono da empresa.

    Quando devo solicitar uma antecipação de recebíveis?

    Não se engane, uma operação como essa, apesar dos juros baixos, pode gerar riscos relevantes a empresa e, portanto, a tomada de decisão quanto a essa operação deve ser feita de modo muito consciente.

    A seguir temos uma serie de motivos pelos quais, provavelmente, vale a pena realizar essa operação de crédito:

    • Melhorar o capital de giro;
    • Obtenção de capital para uma boa oportunidade de compra;
    • Obtenção de recursos para o pagamento de fornecedores, devido o descasamento dos prazos de recebimento.

    Ao optar por fazer uma antecipação de recebíveis, o empreendedor pode escolher não adiantar toda a verba que tem a receber, o que lhe permite avaliar melhor cliente a cliente de acordo com os seus históricos de pagamentos.

    Antes de solicitar esse processo é importante avaliar quais são as instituições que atuam com esse tipo de crédito e quais delas ofertam as menores taxas de juros.

    Portanto, é imprescindível ter a consciência de que a antecipação de recebíveis não deve ser feita de modo recorrente, pois nos casos em que a sua necessidade seja cada vez mais constante será preciso, provavelmente, repensar o modelo de negócios da empresa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *