Acesso Rápido

    Análise vertical e horizontal: aprenda na prática como fazer

    Análise vertical e horizontal: aprenda na prática como fazer

    Você já realizou uma análise vertical e horizontal do balanço financeiro de uma empresa?

    A análise vertical e horizontal são essenciais para compreender a evolução de um negócio e são utilizadas tanto por empresários quanto por investidores de ações.

    O que são as análises vertical e horizontal?

    As análises vertical e horizontal consistem em análises que buscam entender a dinâmica das operações de uma empresa. A análise vertical busca entender qual o percentual de cada setor da empresa em seus resultados. Enquanto que a análise horizontal foca na evolução dos resultados da empresa ao longo do tempo.

    Exemplo de análise vertical e horizontal

    análise vertical e horizontal da Alpargatas
    Resultado da Alpargatas – Segundo semestre de 2018

    Para que o conceito de uma análise horizontal e vertical das demonstrações financeiras fica claro é importante realizar um exemplo prático.

    Para isto, será utilizada a demonstração de resultado da Alpargatas, a empresa produtora das sandálias Havaianas.

    Para realizar essa análise será considerada a receita líquida, que é o primeiro item na imagem acima.

    Minicurso: Contabilidade para Investidores

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Análise vertical

    A análise vertical consiste na análise em um mesmo período de tempo.

    Através dos dados da imagem acima é possível perceber qual o percentual de cada região na receita líquida da Alpargatas.

    Para isso, basta dividir a receita da região pela receita total e multiplicar por 100.

    • Percentual do Brasil: 483,5 / 890,6 = 0,5428 * 100 = 54,28%
    • Percentual de vendas internacionais: 247,4 / 890,6 = 0,2777 * 100 = 27,77%
    • Percentual da Argentina: 159,7 / 890,6 = 0,1793 * 100 = 17,93%

    A partir dessa análise é possível tirar algumas conclusões. Dentre as quais:

    1. As vendas da Alpargatas são dependentes sobretudo da economia brasileira. Isso deriva do fato de que mais de 50% da receita líquida da empresa vem do Brasil.
    2. A empresa apresenta uma diversificação em moedas fortes. Isso advém do fato de quase 30% das vendas da empresa se dão em mercados internacionais. Isso gera um hedge para em caso de valorização do dólar e do euro.
    3. A empresa tem um percentual relevante da sua receita na Argentina, um país muito suscetível a crises financeiras. Isto pode impactar negativamente a receita da companhia.

    Análise horizontal

    Ao realizar a análise horizontal novamente será considerada a receita líquida.

    A análise horizontal já vem apresentada na demonstração de resultado da Alpargatas, não sendo necessário fazer nenhum cálculo.

    Essa análise é apresentada tanto na comparação trimestral quanto na comparação semestral.

    Para diminuir o impacto da sazonalidade, serão considerados os números a respeito da variação semestral.

    Ao observar o resultado é possível ver que:

    • A receita no Brasil cresceu 15,9%
    • A receita no mercado internacional ficou praticamente estagnada
    • A receita na Argentina caiu mais de 6%

    Uma vez observado esses números é possível, novamente, realizar uma análise dos resultados da empresa.

    A receita no Brasil cresceu, sobretudo, pela retomada do consumo no país. O Brasil no período iniciou, embora ainda que timidamente, a sua saída de uma das mais graves recessões na história do país.

    Este crescimento representa ainda o forte posicionamento das marcas da Alpargatas no Brasil.

    Também é possível observar o forte impacto que a crise econômica na Argentina teve sobre as vendes neste país, com a receita caindo mais que 6%.

    Fica claro, portanto, que ao realizar a análise vertical e horizontal de uma DRE é possível tirar conclusões que ajudam o investidor a compreender a dinâmica de uma empresa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *