adimplência
Por: Gabriela Mosmann

Saiba como manter a adimplência e não cair em dívidas

Um dos principais requisitos para a obtenção de crédito no mercado é a adimplência. Algo que nem sempre todos conseguem manter ao longo da sua vida adulta.

O segredo para manter um histórico de adimplência é manter as finanças pessoais organizadas, fugindo das compras por impulso e sempre mantendo uma reserva de emergência.

O que é adimplência?

A adimplência é constituída pela quitação de dívidas e obrigações financeiras dentro dos termos firmados em contrato ou acordo. Em outras palavras, significa pagar as contas em dia e no seu valor total. Por isso, alguém adimplente é, essencialmente, alguém sem o nome sujo.

Assim, as diferenças de adimplência e inadimplência consistem no fato de serem termos opostos, uma vez que a inadimplência é o atraso nos pagamentos dos débitos ou mesmo a ausência seguida de quitação da dívida.

Planilha de Controle de Gastos

Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

Entretanto, não basta atrasar o pagamento de uma fatura para ser considerado inadimplente. Segundo o conceito jurídico de adimplência substancial, é preciso considerar o contexto de pagamentos para chegar a esta conclusão.

Se a maior parte dos pagamentos tiver sido feita, o devedor dificilmente perderá um bem, por exemplo, se enfrentar dificuldades para quitar a última parcela.

Consequências da inadimplência

É verdade que nem sempre é fácil pagar todos os débitos adquiridos. Mas, quem não paga as suas contas em dia enfrenta graves consequências. As principais delas são:

  • Juros;
  • Multas;
  • Perda de bens;
  • Nome sujo;
  • Perda de crédito.

Assim, sair do superendividamento se torna cada vez mais difícil para o consumidor, ainda mais quando não há uma consolidação de dívidas eficiente. Isso porque, quanto maior o tempo de atraso em um pagamento, maior a dívida se torna.

Com o acesso ao crédito dificultado, a taxa de juros incidente em um empréstimo pode se tornar mais alta, já que a instituição financeira encarará essa transação como um risco maior de calote.

Daí vem a importância de prevenir a entrada em uma dívida do que remediá-la.

Orçamento familiar

Benefícios da adimplência

Em contrapartida, existem benefícios da adimplência que podem ser melhores condições na obtenção de crédito, como empréstimos ou mesmo limite nos cartões de crédito.

Quem já esteve inadimplente pode, após regularizar a sua situação, solicitar uma declaração de adimplência, que pode ser apresentada quando quiser melhorar o seu acesso a crédito e prevenir cobranças indevidas futuras. Esta solicitação deve ser feita diretamente à empresa com a qual se tinha alguma pendência.

Como se manter adimplente?

Para se manter adimplente é necessário controlar bem os seus recursos e dívidas, inclusive para não gastar mais do que se ganha. Algo que ocorre facilmente com quem se deixa levar por compras por impulso.

De todo modo, manter uma reserva de emergência que possa cobrir eventuais imprevistos que, de outra forma, poderiam acarretar dívidas difíceis de quitar. O que geraria um caso de inadimplência.

Ter diferentes fontes de renda também ajuda a manter a vida financeira saudável. Isso porque caso se perca um desses recursos, o desfalque não será tão grande assim.

Manter um investimento, por exemplo, pode ajudar a evitar esse tipo de problema financeiro.

Foi possível saber mais sobre adimplência? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

Telegram Suno
Gabriela Mosmann

Gabriela Mosmann é analista de investimentos na Suno Research. É economista, mestre e doutoranda em Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Possui também certificação CNPI.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
profit (1)

Planilha Gratuito

Controle
SUAS
FINANçAS

Uma planilha 100% Gratuita para ajudar você a organizar as suas finanças!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!