Ao começar a investir no mercado financeiro, muitas pessoas, ainda pouco instruídas, enfrentam muitas dificuldades em saber lidar com a posição de sócias das empresas as quais se tornam acionistas.

É muito importante para esses acionistas que, ao decidirem adquirir papéis de qual quer seja a companhia em questão, que se procure saber, de antemão, quais são os seus direitos e deveres perante aquele empreendimento.

Esse posicionamento, de certa forma, tende a fazer com que esse investidor assuma a função de protagonista no seu investimento, evitando, com isso, o posicionamento de vítimas, que frequentemente é observado em pessoas que aplicam no mercado sem antes saber quais as suas reais funções e obrigações enquanto acionistas.

Principais deveres

No papel de acionista, seja qual for o ramo, setor, tamanho e idade da empresa em questão, todo e qualquer acionista deve ter como principal obrigação acompanhar os resultados daquele negócio.

Isso não significa que o investidor pessoa física deva, com isso, se transformar em um expert em gestão, contabilidade e processos de vendas, entretanto, é preciso que o mesmo procure desenvolver pelo menos o mínimo de entendimento a respeito de fluxos de caixa e também sobre os principais indicadores em uma análise de fundamentos.

Entrar em contato com o RI (Relacionamento com Investidores) das empresas com certa frequência também é uma atitude louvável e que pode agregar muito valor ao acionista no longo prazo.

O interessante a respeito desta prática é que, com o tempo, o investidor vai adquirindo certa familiaridade com o processo, chegando ao ponto de se tornar até mesmo uma prática comum no seu dia-a-dia.

Isso, por consequência, faz com que esse acionista fique a cada mais informado e por dentro dos passos que a companhia pretende tomar ao longo do tempo e esse fator, aliado com a consequente experiência de mercado que o tempo se encarrega de conceder, faz com que essa pessoa possa analisar por conta própria se ainda fará sentido ou não continuar naquele negócio.

Outro ponto importante que também pode ser destacado é que, sempre que possível, o acionista compareça às assembleias e participe de perto das decisões da empresa.

No Brasil esta prática é ainda muito pouco difundida, mas certamente, ao longo do tempo, esse comportamento pode acrescentar muita sabedoria e sensatez a um investidor de valor.

Nos Estados Unidos, por exemplo, onde o mercado acionário é bastante apreciado pela população em geral, as convenções das empresas costumam reunir milhares de pessoas.

A reunião anual dos acionistas da Berkshire Hathaway, lendária empresa do maior investidor de todos os tempos, Warren Buffett, realizada há 52 anos em Omaha, no estado de Nebraska, onde é localizada a sede da companhia, costuma reunir investidores do mundo inteiro para ouvir de perto os comentários do CEO da empresa, Warren Buffett, e do seu “braço direito” Charlie Munger, em primeira mão, e, com isso, absorver os insights muito valiosos sobre empresas, mercados, economia, governança corporativa e muito mais.

Essa certamente é uma prática muito valiosa e que deveria ser mais estimulada em nosso país.

Principais direitos

No papel de acionistas de uma companhia de capital aberto, diversos direitos devem ser cedidos por parte da empresa a seus sócios.

O principal deles, em nossa visão, é a participação dos lucros por meio de proventos, normalmente concedidos por meio de dividendos ou juros sobre capital próprio.

Esse mecanismo de distribuição da geração de valor das empresas, desenvolvido pelo sistema capitalista, proporciona a pessoas comuns um tremendo privilégio de multiplicarem o seu patrimônio – com o auxílio do fator tempo, dos aportes consistentes e reinvestimentos dos proventos – de modo que possam, com isso, proporcionar melhores condições de vida para eles mesmo e para os seus dependentes.

Muitos são os exemplos de pessoas que atingiram objetivos dessa natureza presentes no Brasil e em vários lugares do mundo.

Willian Wohlers, por exemplo, é um ex-feirante, grande amigo e cliente da Suno Research, que atingiu esse objetivo e hoje desfruta de sua vida confortável trabalhando com aquilo que lhe dá prazer.

Diversos outros cases existem e provam que é possível para qualquer pessoa, basta disciplina e paciência.

Outra vantagem muito importante concedida por direito aos acionistas se faz no fato de terem voz ativa nas votações das assembleias das companhias.

Esse benefício, entretanto, é restrito somente aos detentores de ações ordinárias, uma vez que os preferencialistas não possuem direito a voto nessas conferências.

Cabe ressaltar, contudo, que para o acionista minoritário, o seu voto deverá não ter peso proporcional nas tomadas de decisões do conselho da empresa devido à baixa proporção de papéis que normalmente os minoritários possuem em relação à empresa como um todo, porém, a experiencia de fazer valer o seu papel de sócio é válida nesse contexto.

Conclusão

Muito se gera de questionamentos a respeito do mercado acionário e, sem dúvidas, a ideologia de se associar às empresas com visão de longo prazo é muito pouco difundido no mercado brasileiro.

Muito se vê, principalmente na internet, de pessoas oferendo ganhos extraordinários e irreais no curto prazo, por meio de operações especulativas sem fundamentos e de alto risco, o que acaba por, na maioria das vezes, proporcionar grandes perdas aos menos inexperientes e, com isso, a repercussão de que a bolsa é cassino e nomeações do gênero.

Mesmo assim, acreditamos que, com o bom senso e a difusão da essência do mercado de capitais de maneira responsável, um número cada vez maior de pessoas abrirá os olhos para o benefício de serem acionistas de longo prazo de negócios saudáveis e perenes, tanto no mercado brasileiro como no internacional.

Comentários

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

©2017 SUNO RESEARCH | Investimentos inteligentes

[i]
[i]

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account