7 empresas com mais caixa do que dívida

Investir em empresas sólidas, como inclusive já falamos em outros artigos anteriores, é uma forma bastante inteligente e segura de se investir no mercado de ações, já que essas empresas apresentam uma situação saudável e geralmente são bem administradas.

Empresas que possuem um balanço sólido, são empresas que tendem a entregar um retorno mais consistente e sustentável aos seus acionistas, além de geralmente pagarem bons dividendos, e entregarem um menor risco, já que geralmente essas empresas estão pouco endividadas e possuem uma grande posição de caixa.

Alguns investidores, no entanto, encontram dificuldade na hora de reconhecer um balanço sólido e por isso explicaremos um pouco a respeito a seguir.

O que é um balanço sólido e como identificar?

Explicando de maneira simples e direta, podemos dizer que um balanço sólido é um balanço de uma empresa que reflete uma boa saúde financeira, com bons números, fruto de uma boa gestão.

Há inúmeros pontos que o investidor deve olhar na hora de analisar um balanço para identificar a solidez de uma empresa, tais como o caixa da companhia, suas obrigações de curto e longo prazo, como seu endividamento, fornecedores, provisões judiciais, etc.

Apesar de muitas empresas listadas na Bovespa terem um elevado endividamento e muitas vezes apresentarem um balanço frágil, existem também empresas listadas bastante saudáveis, que possuem muito mais caixa do que dívida, e essa é também uma boa evidência de um sólido balanço, como já destacamos.

Para identificar se uma empresa possui mais caixa do que dívida, é bastante simples e acessível a todo investidor e o investidor consegue observar esses números através de seus balanços e press releases, divulgados pelas empresas.

Utilizando como exemplo os dados publicados no release da Grendene, uma empresa que se enquadra perfeitamente em uma companhia de balanço sólido e de grande posição de caixa, podemos ver nos números abaixo como a companhia possuía ao final desse terceiro trimestre mais de R$ 1,74 bilhão em caixa, para uma dívida de apenas R$ 106 milhões, o que se traduzia em um caixa líquido de cerca de R$ 1,6 bilhão.

Caixa Grendene

Empresas que possuem um caixa robusto, como a Grendene, entre outras que abordaremos mais abaixo, dificilmente quebram, e naturalmente entregam muito menos riscos ao investidor.

Essas empresas, em cenários de crise, não precisam recorrer a empréstimos com juros elevados e nem precisam realizar emissão de ações para se capitalizarem, já que possuem caixa suficiente para financiarem suas próprias atividades, além de pagarem ótimos dividendos.

Além disso, por terem grandes disponibilidades, em cenários de juros elevados, essas empresas se beneficiam desses juros, entregando fortes resultados financeiros.

Com o intuito de gerar boas oportunidades de investimento aos nossos leitores que se interessam por empresas saudáveis, listamos abaixo algumas empresas que possuem um sólido balanço, com mais caixa do que dívida:

Ambev (ABEV3)

É a empresa líder na produção e comercialização de cervejas no Brasil. A Ambev foi originada através da fusão da Brahma e a Antarctica em 1998. Atualmente possui presença em diversos países da América Latina, como Argentina, Paraguai e Uruguai.

A Ambev é lucrativa desde sua fundação, o que reforça a tese de ser um investimento seguro.

A empresa hoje possui disponibilidades liquidas de R$5 bilhões.

Multiplus (MPLU3)

Esta empresa opera uma rede de fidelidade composta por diversas empresas parceiras.

É controlada pela LATAM, sendo uma unidade independente de negócio desde 2009. A empresa fez o seu IPO em 2010. Desde sua criação a empresa foi lucrativa em todos os anos.

Atualmente, a Multiplus possui disponibilidades liquidas de R$1,4 bilhões.

Grendene (GRND3)

Esta empresa é uma das maiores fabricantes de calçados do Brasil e é dona das marcas: Melissa, Rider e Ipanema. Desde que fez seu IPO na Bolsa, no ano de 2004, a empresa não apresentou prejuízo em nenhum ano.

A empresa terminou o terceiro trimestre de 2017 com disponibilidades liquidas no valor de R$1,4 bilhões.

Eztec (EZTC3)

É uma das maiores incorporadoras que atuam na Região Metropolina de São Paulo. Historicamente, a Eztec é a empresa mais rentável dentre as incorporadoras listadas e desde quando realizou a sua abertura de capital em 2007, a empresa foi lucrativa em todos os anos.

No último trimestre, a empresa terminou com disponibilidades liquidas de R$833 milhões.

M Dias Branco (MDIA3)

Com mais de 60 anos de história, a M. Dias Branco S.A é uma das maiores empresas do setor alimentício, sendo líder no mercado de massas e biscoitos no país.

A companhia é um exemplo de companhia com balanço sólido e ao longo do tempo entregou resultados crescentes aos seus acionistas, com um endividamento bruto bastante controlado.

A empresa possui disponibilidades líquidas de R$653 milhões.

Smiles (SMLS3)

A Smiles atua no setor de Fidelidade, assim como a Multiplus. Porém, a Smiles é a ligada a Gol Linhas Aéreas.

A Smiles que atua num segmento de grande potencial e ainda bastante subpenetrado, é uma empresa de elevado retorno sobre patrimônio (116%) e que historicamente entregou ótimos resultados aos acionistas, sem ter de abrir mão de pagar bons dividendos.

A empresa possui disponibilidades liquidas de R$377 milhões.

Cia Hering (HGTX3)

A Hering, é uma das empresas líderes em design e vendas de vestuários no Brasil. Conhecida pela moda básica, a empresa se destaca pelo crescimento acelerado na última década através do modelo de franquias.

A companhia Hering é outro exemplo de empresa que apresenta um balanço sólido e ao final do terceiro trimestre de 2017 a empresa possuía disponibilidades de R$ 204 milhões, para uma dívida bruta de apenas R$ 27 milhões.

Comentários

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

©2017 SUNO RESEARCH | Investimentos inteligentes

[i]
[i]
[i]
[i]

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account