Analises

3 ações que pagam dividendos crescentes

By 15 de dezembro de 2017 No Comments
Dividendos de ações

Investir em boas e saudáveis empresas que pagam dividendos costuma ser um ótimo investimento no longo prazo, visto que esses dividendos podem ser reaplicados pelo investidor na compra de mais ações, potencializando os juros compostos e o retorno do investidor ao longo do tempo.

Assim, é comum o investidor procurar as ações que apresentam um yield elevado, justamente para terem acesso aos maiores dividendos naquele momento.

Acontece que, nem sempre as empresas que estão apresentando o maior DY naquele momento são as melhores opções em termos de dividendos e retornos para o longo prazo, pois, em alguns casos, esses dividendos podem estar distorcidos por eventos não recorrentes ou então, simplesmente esses dividendos, apesar de relativamente elevados, não crescem, ou pior, encolhem.

Sendo assim, algumas empresas que pagam todos seus lucros em dividendos, mas que não conseguem crescer, podem acabar comprometendo o retorno do investidor ao longo do tempo e também tendem a reduzir o poder de compra dos dividendos do investidor.

Os investidores esquecem que, geralmente, as empresas que mais pagam dividendos ao longo do tempo e que mais entregam retorno via dividendos efetivamente aos seus acionistas, são as empresas que pagam dividendos crescentes.

Apesar dessas empresas negociarem geralmente com um dividend yield relativamente baixo hoje, no futuro, conforme essas empresas cresçam e apresentem lucros cada vez maiores, seus dividendos também serão cada vez maiores.

Efeito prático de se investir em empresas de dividendos crescentes

Podemos imaginar uma empresa que hoje paga R$ R$ 1,00 por ação em dividendos ao ano e custa em bolsa cerca de R$ 30,00.

Essa empresa provavelmente afastaria muitos investidores que buscam dividendos, já que o dividend yield dela seria de 3,33% aproximadamente.

Porém, imaginemos que essa empresa seja bastante lucrativa, necessita de pouco capital intensivo, e consegue crescer sua geração de caixa e seus lucros a um ritmo interessante, e assim, ela cresce seus dividendos em 10% ao ano aproximadamente.

Logo, mantendo esse crescimento, dentro de 25 anos essa companhia estaria pagando cerca de R$ 10,60 por ação em dividendos aos seus acionistas, ou seja, um valor mais de 10 vezes maior.

Se considerarmos que o investidor pagou R$ 30,00 por ação, podemos afirmar que o “yield on cost” do aplicador, que leva em conta a relação do dividendo atualmente pago pelo preço pago pela ação, seria de mais de 35%.

Obviamente que, para crescer tanto os dividendos, a empresa teria que crescer expressivamente seus lucros ao longo do tempo, e muito provavelmente as cotações de suas ações também estariam muito maiores, tornando o retorno do investidor muito elevado.

Podemos concluir, então, que investir em empresas que pagam dividendos crescentes é uma estratégia muito rentável e muito benéfica para aqueles que buscam dividendos no longo prazo.

Felizmente, apesar de não serem muitas, existem empresas listadas em bolsa que pagaram, historicamente, dividendos crescentes, e listaremos algumas delas abaixo, sendo elas empresas que consideramos que podem ser opções bastante inteligentes para o longo prazo:

Empresas que pagaram dividendos crescentes ao longo do tempo

Itaúsa (ITSA4)

A Itaúsa, Holding que detém o controle do Itaú Unibanco, é uma empresa que podemos citar como um ótimo exemplo que paga dividendos crescentes aos seus acionistas.

Se beneficiando de resultados cada vez maiores do Itaú, o banco mais rentável do país, a Itaúsa amealhou ótimos lucros e uma forte geração de caixa, e dessa forma, vem pagando proventos cada vez maiores aos seus sócios.

Podemos ver no gráfico abaixo como os dividendos de Itaúsa cresceram expressivamente nas últimas décadas, tendo saltado de menos de R$ 0,04 por ação em 2001, para mais de R$ 0,57 no último ano.Dividendos ITausa ITSA4

Vemos que a Itaúsa possui boas chances de continuar crescendo seus proventos ao longo do tempo, com o crescimento do Itaú, através de crescimento orgânico e aquisições, se beneficiando também da recuperação econômica e tendência de crescimento do crédito no longo prazo.

Vale lembrar que hoje as ações da Itaúsa já negociam com um yield relativamente atrativo, em torno de 5,50%.

Ultrapar (UGPA3)

A Ultrapar, holding detentora das marcas Ipiranga, Extrafarma, Ultragaz, Oxiteno, dentre outras, é uma empresa multinegócios, que possui posição de liderança em inúmeros dos segmentos em que atua.

A Companhia ao longo do tempo, através de aquisições bem-sucedidas, ganhos de eficiência e produtividade em suas controladas, além de ganhos de marketshare dos Postos Ipiranga, conseguiu obter um ótimo crescimento nos resultados, o que se traduziu em dividendos crescentes aos acionistas.

No gráfico abaixo fica evidente esse crescimento nos proventos, que tem sido ininterrupto nos últimos anos:

Dividendos Ultrapar UGPA3

Acreditamos que a Ultrapar tem condições de manter a prática de pagar dividendos crescentes aos seus acionistas e com a Extrafarma em consolidação e o contínuo crescimento das operações de combustíveis, a empresa deve seguir sua trajetória de expansão de resultados no longo prazo.

Smiles (SMLS3)

A Smiles é uma empresa que atua no setor de programas de Fidelidade, e é bastante ligada à empresa Gol Linhas Aéreas.

A Smiles opera num segmento de grande potencial e ainda bastante subpenetrado, é uma empresa de elevado retorno sobre patrimônio (116%), sendo um dos maiores da bolsa.

A Companhia nos últimos anos vem entregando um ótimo crescimento de resultados aos seus acionistas, fruto de uma gestão competente e a exploração de um segmento de grande potencial.

Esse crescimento vem sendo refletido em dividendos cada vez maiores, como podemos verificar na ilustração abaixo, onde a empresa demonstra que cresceu os dividendos ininterruptamente nos últimos anos.

Dividendos Smiles SMSL3

Para 2018, esperamos dividendos ainda maiores para a Smiles, e vemos um grande potencial nesta companhia de elevada rentabilidade para o longo prazo.

Quer aprender a selecionar ações de dividendos?

Lançamos um curso totalmente online para ajudar você a selecionar e investir em ações que pagam dividendos, para construir uma carteira previdênciaria.

O curso conta com 36 aulas, 3 lives, grupo exclusivo de alunos no facebook e acesso vitalício ao conteúdo.

Clique aqui agora mesmo para ver mais detalhes e se inscrever! 

Compartilhe a sua opinião

Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.